14 novembro 2017

O verão de Profeta Martinho


Eis que vos contamos hoje a lenda do Profeta Martinho, celebrado a 11 de Novembro. Faz muitos anos que, numa madrugada chuvosa de quinta-feira, em que o Sol insistia em não aparecer, e ainda ressacado da boémia da noite findada, o Profeta Martinho abrigou-se no Chibaria. Consolou-se com pãezinhos de queijo e chouriço, pois de estômago cheio aguenta-se melhor o frio. E são mesmo bons.

Ora, prestes a finalizar a refeição, o Profeta lembrou-se que estacionou a sua equídea viatura quadrúpede em local distante. Eram sete e vinte e Martinho tinha uma consulta no médico às oito, portanto engoliu os dois pãezinhos que restavam e pôs pés ao caminho.

Coberto sob um manto roxo, o Martinho enfrentou a chuva impiedosa. No caminho, ouviu uma voz chamá-lo. Uma voz grave e rouca. Lá vem o Tinoco, pensou. Começou à procura de trocos no bolso, pois os bons valores cristãos o tinham ensinado a partilhar. De repente, uma mão agarrou-lhe o braço. Era uma mão feminina.  Levantou os olhos do bolso e percebeu então que era, afinal, uma  bela jovem de rouca voz. Os seus sedosos cabelos e roupas estavam encharcados, o seu semblante grave e triste. “Ai esta chuva! Tenho tanto frio… Estou tão molhada…” – queixou-se. O Profeta, sempre sábio, respondeu-lhe: “Não temas, menina, pois o Sol em breve virá para iluminar os teus passos.”. Sucede que o Profeta Martinho tinha visto no site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, no dia anterior, que às oito da manhã o céu estaria aberto, vento fraco com direção para sudoeste. Generoso, colocou o seu manto sobre a rapariga e esperou com ela pelo bom tempo. A jovem, carente de calor, agarrou-se ao Profeta.

Os minutos passavam e a estrela solar teimava em não revelar-se. “Raios parta a metereologia, falha mais que os autocarros da AAUM”, pensou. Passado cerca de meia hora, impaciente, o Profeta desistiu. Telefonou ao centro de saúde a cancelar a consulta e convidou a rapariga para o acompanhar até casa. À chegada, disse-lhe: “tiras as tuas vestes, não prometo que fiques menos molhada mas hoje serei o teu sol”. E, assim, ambos se aqueceram no leito profético. A jovem saiu da casa do Profeta profundamente agradecida e a todos contou o milagre que tinha presenciado: “o Profeta trouxe o Sol e o verão, aqueceu-me o coração! Olhai este homem, possuidor de milagrosos poderes!”. As amigas ficaram impressionadas e, invejosas, comentavam entre si quando a rapariga não estava.

Nos próximos anos, muitas foram as que imploraram pelo Sol do Profeta Martinho e foram brindadas com o mais intenso calor. Até que, um ano, o bom tempo surgiu mesmo em Novembro. Houve incêndios e o Profeta Martinho, famoso pelo seu Sol de outono, foi culpado da tragédia. Outrora um homem venerado pela plebe, foi apupado no seu julgamento e condenado à forca.

Moral da história: não deixes que circulem as tuas histórias e, acima de tudo, cuidado com o que desejas.

20 abril 2017

Via Crucis 2017: O Último Desejo


Queres ganhar prémios e ir ao Enterro da Gata à pala?
Este concurso é para ti!
Como participar?
Se és do sexo feminino e estudas na Universidade do Minho:
  1. Envia uma fotografia tua em posição de oração (pela Gata que está a morrer) para a página da OPUM DEI, juntamente com uma frase em que pedes o teu último desejo antes d'Ela falecer;
  2. Põe 'gosto' na página da OPUM DEI;
  3. Identifica-te na tua foto quando for publicada na nossa página e partilha para os teus amigos verem e porem 'gosto'.

Como ganhar o concurso?
As três fotos com mais 'gostos' às 20h00 do dia 24 de Abril serão premiadas.
Como receber o prémio?
Os prémios serão atribuídos aos vencedores presentes na Via Crucis da Gata 2017
, dia 24 de Abril, pelas 22h00 no Largo do Carpe.


Vencedores
1º Prémio: 1 bilhete geral do Enterro da Gata + kit Opumdette
2º Prémio: 1 vale "12 com um Profeta" + kit Opumdette
3º Prémio: Cartão da Via Crucis + 1 kit Opumdette

Notas:
- O bilhete geral será entregue quando abrir a venda oficial de bilhetes do Enterro da Gata;
- Kit OpumDette: T-shirt 25 anos + pin de lapela + isqueiro.

17 abril 2017

Via Crucis 2017: A Última Ceia


A Via Crucis 2017 está a chegar!...

Janta com a Gata e a OPUM DEI no Carpe Noctem, dia 24 de Abril às 8 badaladas da noite. Comerás bem, beberás ainda melhor e pagarás somente 6 moedas daquelas que em breve deixarão de existir. Faz a tua inscrição no jantar até dia 19 de Abril e, no teu pagamento (favores sexuais não incluídos), tens direito à oferta de um cartão da Via Crucis com promoções nos 10 bares aderentes a este mítico evento.

Informações
Tasco: Carpe Noctem
Horas: 20h00
Preço: 6 gatas
Manjar: dose de Arroz de Pato + Balde de cerveja
Prazo de inscrição e pagamento: 19 de Abril
Inclui: cartão da Via Crucis.

Inscrição
Poderás fazer a tua inscrição online ou, se preferires, junto dos elementos da OPUM DEI no horário em baixo.

Pagamento
O pagamento do jantar pode ser feito por transferência NIB conforme indicado na inscrição online ou junto dos elementos da OPUM DEI no Carpe Noctem, no horário em baixo, onde poderás levantar o teu cartão da Via Crucis. Caso faças o teu pagamento por transferência NIB, o cartão a que tens direito ser-te-á dado no jantar.

Horário:
Morada: Rua dos Peões 40, Braga (zona dos bares de Gualtar)

--

CARTÃO DA VIA CRUCIS
Para aqueles que não poderão ir ao jantar, poderão adquirir o cartão da Via Crucis por 1 gata junto dos elementos da OPUM DEI. Com o teu cartão da Via Crucis, tens acesso às promoções nos seguintes bares:

1ª. Carpe Noctem.. || 2 FINOS / preço: 1 FINO ||
2ª. Pão de Forma.. || BALDE DE CERVEJA / preço: 1€ ||
3ª. 33..... || 1 FINO + SHOT / preço de 1 FINO ||
4ª. Cinco por Quatro.. || 1 FINO + SHOT DA CASA / preço: 1 FINO ||
5ª Rock Star pub......... || BEBIDA + SHOT DA CASA /preço: BEBIDA ||
6ª. Diobar Café.. || MINI + SHOT DE BAGAÇO / preço: MINI ||
7ª. Terminal Cafe.... || 1 FINO + SHOT / preço: 1 FINO ||
8ª. Arsca....... || 1 FINO + SHOT / preço: 1 FINO ||
9ª. Académico UMcoffee... || 1 FINO + SHOT DA CASA / preço: 1 FINO ||
10ª. Stephane Bar - Fazes parte da Mobília.... || 2 FINOS / preço: 1 FINO ||

20 junho 2016

Sejam felizes, façam amor!

Findado o ano lectivo, os Profetas partem para os quatro cantos do Mundo para espalhar a Palavra e converter outros povos.

Recomendamos a leitura diária dos textos aqui publicados e desejamos que nunca vos falte força: para o caminho que se estende perante vós, para andarem na marmelada em frente aos putos em Paredes de Coura e para se levantarem da cadeira depois de passarem um jogo da Selecção Nacional a emborcar cervejas.

P'la Ordem Profética